terça-feira, 28 de setembro de 2010

Lar Doce Lar ...NOT

Ainda andamos às voltas com terrenos e casas e papeis e advogados e arquitectos ... e assim se vai gastando uns euros que estavam poupadinhos para construir o nosso lar ou comprá-lo.

Ainda não consigo perceber porque não me deixam construir, num terreno que me pertence, que tem confrontação com uma casa recém construída e com estrada alcatroada, electricidade, telefone e canalizações ... não percebo!

Não consigo perceber, o porquê de um terreno estar dividido em dois tipos de planeamentos: no início podes contruir mas passado uns metros já não podes!

Não consigo perceber como é que outro terreno é constructivel: está no meio do campo, tem 4 metros de largura, não tem estrada alcatroada, nem electricidade, nem saneamento, nem canalizações ... nada de nada, e sim, dizem-me "aqui pode contruir!"

Só me apetece mandá-los à fava, para irem gozar com outros e calá-los à chapada!

A sério, ando tão farta, tão farta já não sei o que hei-de fazer ...

3 Comments:

Mikas said...

Bora lá e matá-los à porrada:D Eu ajudo miga:D Não há condições fonix!!!!

Gambozina said...

Obrigada pela dica. Eu conheço os mosquiteiros, mas tenho um berço tão grande (dos transformáveis, para quando ele for mais velho) que dúvido que tapem tudo... tenho que ir espreitar ao Gato Preto.
Li lá atrás que a tua pequenina não te liga nenhuma quando a vais buscar à creche... o meu era assim. Todos os outros meninos a esticarem os bracinhos para os pais e o meu nada. "Ai a raça do rapaz!!!", pensava eu! Mas agora já é diferente. Não muito, é certo, mas pelo menos já mostra interesse em vir ao colo da mãe. Mas logo a seguir salta para o da educadora outra vez. O que até é bom sinal, não?

Isa said...

Estamos em Portugal e está tudo dito!
Bjs